fbpx

Nota Fiscal Paulista vale a pena? Vantagens e desvantagens

Propaganda

Se depender das propagandas dos governantes de São Paulo você pode considerar que apenas existem lados positivos ao se inscrever no Programa Nota Fiscal Paulista (NFP).

Caso você tenha feito compra em São Paulo de forma provável deve ter ouvido o caixa perguntar: “CPF na nota?”. Já até virou moda! Contudo, não existem apenas notícias positivas sobre este programa governamental, conforme você aprenderá ao ler o artigo.

Quais são as vantagens da Nota Fiscal Paulista?

O governo restitui parte da quantia dos impostos para quem participa do projeto que possui como foco principal identificar sonegadores, conceder bônus, contabilizar as pessoas ativas e parte dos valores negociados em São Paulo.

Vale a pena destacar que a emissão da Nota Fiscal Paulista é obrigatória. Ou seja, os vendedores não podem negar o CPF na nota.

Além disso com a nota fiscal paulista você poderá abater valores de IPVA caso possua veículo próprio. Para saber mais sobre o IPVA acesse clicando aqui.

Reembolso é a melhor vantagem

Legalmente, este programa considera a devolução máxima de 20% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Funciona como um benefício que se reserva aos consumidores que exigem documentação fiscal após as compras de mercadorias.

Além de concorrer a prêmios em dinheiro, quem informa CNPJ ou CPF no momento da aquisição também pode escolher a forma de recebimento dos créditos. Dependendo do tipo de bem comprado é possível ter mais restituição.

Quais são as desvantagens da Nota Fiscal Paulista?

O rastreamento por parte do governo é facilitado quando você tem cadastro no sistema da Nota Fiscal Paulista.

Conforme alguns especialistas, por ser um programa estadual e não federal há menos chances de alguém ser rastreado, porque a Receita que fiscaliza IR (Imposto de Renda) é um órgão federal.

Porém, quem garante que as informações estaduais nunca são informadas de alguma forma para instituições federais? Contudo, se você não sonega impostos jamais precisa se preocupar com rastreamento.

Existe o mito de que quanto mais produtos comprados maior é a restituição. Isto pode até simbolizar alguma verdade, desde que o bem comprado recolha ICMS que se trata do imposto utilizado para restituir pessoas físicas ou jurídicas integrantes ao programa.

Exemplo: Abastecer o carro com gasolina gera mais restituição do que as compras de sapatos ou roupas.

O perigo do CPF em público

Propaganda

Muitas pessoas possuem receio de falar o CPF em voz alta e os números serem ouvidos por criminosos que estão dentro do estabelecimento como clientes ou funcionários.

Contudo, em alguns casos você pode anotar, o que soa como algo mais seguro. Na dúvida mostre apenas o CPF ao caixa que consegue preencher os números com silêncio e manter mais privacidade no processo.

No site oficial do programa também é possível imprimir o cartão da Nota Fiscal Paulista que também possui a numeração do Cadastro de Pessoa Física e pode ser apresentado na compra.

A necessidade do cadastro

Você informou seu CPF depois da compra e pronto! Assim já pode ser beneficiado pelo programa? Errado, apenas informar os números não assegura as vantagens, também é preciso estar com cadastro ativo. Cadastre-se na própria página da Nota Fiscal Paulista.

Uma vez que o seu cadastro esteja ativo, além de poder receber os créditos acumulados também é possível consultar saldos e outros detalhes importantes da conta.

De olho nos golpes

Assim como acontecem em outros programas governamentais, a Nota Fiscal Paulista também recebe golpes por parte de contraventores que desejam roubar os créditos dos beneficiários, algo também visto na forma de desvantagem.

Não se pode ignorar o fato de que a Secretária da Fazenda jamais envia SMS informando que você foi ganhador de sorteio ou quaisquer outras informações.

Nota Fiscal Paulista: Tabela com prós e contras

Para você compreender melhor o lado positivo ou negativo da Nota Fiscal Paulista reunimos na tabela abaixo as vantagens e desvantagens:

Vantagens Desvantagens
Reembolsos de impostos É preciso informar CPF
Prova de que você não sonega Rastreamento do governo
Participa de sorteios de prêmios Só recebe créditos quem tem cadastro

Como funcionam os sorteios?

Para muitas pessoas compensa pedir CPF na nota mesmo nos casos em que foram gastas poucas quantias financeiras. Isto porque independente dos valores gastos é possível concorrer a prêmios que concedem recompensas a dinheiro aos nomes sorteados.

Você também pode resgatar os créditos que foram vencidos e receber restituições no CPF. Os valores são depositados em contas bancárias ou até servem para descontos de outros impostos, como, por exemplo, IPVA.

Como solicitar o crédito que você tem na NFP?

Ao acessar o site NFP você deve clicar no link denominado “consultar”. Na sequência vai abrir uma outra página que mostra seu saldo.

A primeira transferência não pode exceder a quantia de R$ 25 por questões de segurança, mesmo se existir um montante superior disponibilizado.

Propaganda

Escolha uma forma para transferir o dinheiro e confirme. Em casos de problemas na transferência a quantia volta ao saldo, você precisa refazer a operação informando os dados da conta corretamente.